O Ensino Fundamental I, conforme expresso na LDB e no Centro de Formação Nogueira Mineiro –  tem por objetivo a formação básica do cidadão. Com esse objetivo, proposto pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, o que se propõe realizar no Ensino Fundamental é:

Fazer uma educação que fomente e desperte o espírito crítico do educando, a sua capacidade de argumentar, o seu espírito científico na busca de respostas aos seus questionamentos;

Promover integralmente o educando no nível do seu amadurecimento, respeitando o ritmo próprio de cada um e os distintos graus de desenvolvimento;

Formar educandos para a diversidade sociocultural, práticas solidárias e comprometidos com a preservação do meio ambiente;

Capacitar os educando na utilização da tecnologia para melhoria da qualidade de vida do ser humano e do meio ambiente;

 
Coordenadoras: Roberta e Janaína

Promover a inserção dos educandos no processo político e no desenvolvimento social. 

Segundo nosso estabelecimento de ensino a percepção da aprendizagem passa pela avaliação, e também pela oportunidade do aluno transferir o que aprendeu na escola para outras circunstâncias e situações de vida. Ou seja, a aprendizagem deve provocar modificações no comportamento e até mesmo na formação do aluno, de modo a torná-lo capaz de enfrentar situações diversas e elaborar seu projeto de vida pessoal. Para a intervenção crítica na realidade e para o desenvolvimento de uma postura cidadã, é importante a vivência de simulações de situações práticas, experiências de vida com problemas realistas em contextos conhecidos ou distantes do aluno.

 

O Ensino Fundamental I, tem como proposta uma educação que contemple o desenvolvimento cognitivo, físico, afetivo, social, ético e estético, tendo em vista uma formação ampla.

Faz parte dessa longa etapa a construção de valores e atitudes que norteiam as relações interpessoais e intermedeiam o contato do aluno com o objeto de conhecimento. É imprescindível, nesse processo que valoriza o aprender contínuo e a troca constante entre aluno e aluno e aluno e professor, uma postura de trabalho que considera a cooperação, o respeito mútuo, a tomada de consciência, a persistência, o empenho e a prontidão para superar desafios.

Sendo assim, a escola Nogueira Mineiro se propõe a ser uma escola de formação, acredita que é de sua responsabilidade:

capacitar o aluno, do ponto de vista acadêmico, a enfrentar novos desafios, ampliando suas potencialidades;

posicionando-se de maneira crítica, responsável e construtiva nas diferentes situações sociais;

planejar, dentro das diversas áreas do conhecimento, situações em que o aluno aprenda a utilizar seus conhecimentos como instrumento de compreensão da realidade, seja do ponto de vista da utilidade prática, seja na formação de estruturas de pensamento, que permitam a ele expressar e comunicar suas ideias, usufruir das produções culturais, bem como analisar, interpretar e transformar o mundo que o rodeia;

promover condições para que o aluno se aproprie dos conteúdos, transformando-os em conhecimento próprio;

garantir um convívio social democrático com ênfase na compreensão e construção das regras, desenvolvendo nos alunos atitudes de respeito, cooperação e solidariedade;

propiciar um clima harmonioso de trabalho, valorizando a construção de vínculos afetivos e o respeito à individualidade;

desenvolver alunos que tenham confiança em suas capacidades cognitiva, afetiva, ética e social para agir com perseverança na busca do conhecimento e no exercício da cidadania;

garantir que o aluno se perceba como dependente e agente transformador do meio ambiente, contribuindo ativamente para a sua melhoria;

capacitar o aluno a desenvolver hábitos saudáveis, agindo com responsabilidade em relação à sua saúde.

Tais metas orientam a organização do nosso sistema de ensino em todas as áreas que compõem o currículo. A partir delas, estão definidos os pressupostos teóricos e metodológicos de cada uma das disciplinas.

A partir do 2º ano, a avaliação será expressa em uma escala de notas de zero a dez.

Será considerado promovido para o ano subsequente o aluno que obtiver 18 (dezoito) pontos na soma dos três trimestres e, no mínimo, nota 6,0 (seis) no 3º trimestre em todos os componentes curriculares.

 

 

1- Plano de Ação:

O Serviço de Orientação Educacional acompanha e dá suporte aos alunos em relação ao seu desenvolvimento afetivo, cognitivo e comportamental. É um serviço de apoio aos alunos, não apenas para acompanhamento do rendimento escolar e da frequência, mas também quanto às relações interpessoais do aluno com colegas e professores, seu interesse ou desinteresse pelas atividades e todas as outras questões que dizem respeito ao seu bem-estar e desenvolvimento intelectual e emocional.

 

2- Formas de atuação:

Atendimento individualizado, permanecendo à disposição para atender alunos que procurem o serviço por iniciativa própria.

Atendimento coletivo, com o objetivo de trabalhar questões relacionadas à valores, convivência, estudos, sempre atuando de forma preventiva.

Pode também convidar o aluno a comparecer ao serviço de orientação, por indicação da equipe pedagógica e/ou responsáveis.

Encaminhar os alunos para avaliações com especialistas, de acordo com as necessidades observadas (aprendizado, comportamento, etc.)

 

3- Visão:

A Orientação Educacional é entendida como um processo dinâmico, contínuo e sistemático, estando integrada em todo o currículo escolar, sempre encarando o aluno como um ser global que deve desenvolver-se harmoniosamente e equilibradamente em todos os aspectos: intelectual, físico, social, moral, estético e educacional.

 

Orientadora: Fabiana Cardoso